quarta, 08 abril 2020 15:59

PRAIA NAS FILIPINAS INVADIDA POR MEDUSAS 

Após ficarem desertas devido ao surto de covid-19...

 

Tal como em várias partes do mundo, as praias em Palawan, nas Filipinas, ficaram desertas e sem turistas após o novo surto de covid-19 o que levou a um ajuntamento de medusas.

Conforme visto num vídeo filmado a 23 de Março, a Crambione cf. Mastigophora invadiu a praia de Corong Corong, em El Nido, Palawan.

Segundo Boco, co-fundador do Philippine Jellyfish Stings Project, disse ao Manila Bulletin, há anos em que as populações de medusas são altas e há anos em que são poucas ou quase ausentes.

"Essas centenas ou milhares de medusas provavelmente estão presentes no final de Janeiro ou Fevereiro, mas por causa do vento, das condições atuais e das marés, elas parecem aparecer apenas em Março em Palawan.”, disse Boco. “Essas medusas foram trazidas pela corrente oceânica e geralmente acabam na baía de Corong-Corong".

 

A água na praia de Corong Corong, em El Nido, Palawan ficou vermelha após ser invadida pela espécie de medusas.

 

 

Segundo o Dr. Ryan Baring, professor de biologia marinha na Universidade de Flinders, este florescimento fora do normal pode derivar do facto de os turistas não estarem presentes na praia para perturbar as medusas o que leva a que estas venham até a superfície da água, uma vez que perante a presença de turistas, estas podem ficar mais perto do fundo do mar ou mover-se mais para o mar, embora não hajam estudos científicos que o comprovem.  

“Em dias normais, a Baía de Corong-corong em El Nido é muito usada por turistas para pesca recreativa e canoagem e pelos pescadores locais para a captura de peixes e invertebrados ", disse Boco à Newsweek." Essas atividades podem alterar a circulação da água e a distribuição de alimentos zooplanctónicos para as medusas, alterando potencialmente a distribuição de medusas ".

O surto de covid-19 tem levado a algumas mudanças climáticas, mas estas mudanças também podem aumentar as populações de medusas, permitindo que os embriões e larvas se desenvolvam mais rapidamente, de acordo com a Smithsonian, o que pode levar a aumentos como o visto el Nido. 


Perfil em destaque

Scroll To Top