Mais uma prova que vê a licença de realização negada no North Shore. Mais uma prova que vê a licença de realização negada no North Shore. Foto: DR

Itens relacionados

segunda, 16 abril 2018 15:21

Havai fechado para eventos de surf

Não é bem assim, mas quase que parece que o Havai fechou definitivamente para eventos de surf...

 

Depois da Câmara de Honolulu ter negado a licença para o Billabong Pipe Masters, a realizar no início da temporada 2019, alegando a expiração do prazo para o pedido, num autêntico braço de ferro entre a World Surf League e o Mayor de Oahu, que tivemos oportunidade de revelar aqui, eis que também o Da Hui Backdoor Shootout não fará parte do calendário futuro. 

 

A prova, uma das mais clássicas do North Shore, que acontece desde a década de 90, tendo sido vencida por Jamie O’Brien no último mês de janeiro, com este a ser recompensado com um cheque de 40 mil dólares, aparentemente também não recebeu a devida licença para a sua realização, à imagem do que aconteceu com a WSL. 

 

Por esse motivo, Eddie Rothman e a Da Hui passaram ao ataque e pedem agora que a decisão seja revista. Para o efeito iniciaram também uma campanha nas redes sociais onde se pede o total e incondicional apoio da comunidade local de forma a que o evento volte a acontecer em janeiro de 2019. 

 

Este é um assunto que não vai ficar por aqui, muito seguramente, e que vai ainda fazer rolar muita tinta. Da Hui Backdoor Shootout, um campeonato especial onde os competidores não usam licra, têm uma oportunidade de competir em Banzai Pipeline e lutam por encontrar os mais redondos e desafiantes tubos do planeta, parece assim ser a nova vítima do Mayor de Honolulu. 

 

A post shared by Da Hui® (@dahui.hawaii) on

Perfil em destaque

  • Maria Chaves Maria Chaves

    Conhece uma das jovens surfistas da região da Grande Lisboa… 

Scroll To Top