Rafael Nóbrega, 18, diretamente das águas a sul do Tejo. Rafael Nóbrega, 18, diretamente das águas a sul do Tejo. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

quinta, 01 fevereiro 2018 12:28

Rafael Nóbrega

Tem 18 anos e a Costa de Caparica é a sua “praia”… 

 

É um dos talentos emergentes da Margem Sul com muito para dar ao Surf. Um destes dias cruzámos a ponte e fizemos a devida atualização. É o novo Perfil da Semana by Surftotal a dar sinal! 

 

Nome?

Rafael Nóbrega. 

 

Idade?

18 anos. 

 

Praia local?

Praia do CDS, Costa de Caparica. 

 

Estudos?

Neste momento estou a fazer o 12º ano.

 

Anos de surf?

4 anos, a caminho dos 5 anos.

 

Quiver?

Duas Semente 5’9”, uma round e outra round squash.

 

"Divirtam-se a surfar, seja em competição ou em free surf"

 

 

Porque escolheste praticar surf?

Numa ida à praia, ao ver surfistas na água, pedi ao meu pai uma prancha porque simplesmente também queria aprender a surfar, mas ele disse-me que eu podia ter uma prancha só que primeiro teria de ter um professor para me ensinar e tinha ainda de conseguir terminar o meu sétimo ano sem nenhuma negativa. Aí sim, ele ofereceu-me aulas de surf como prometido nas férias e no final desse verão comprou-me então a minha primeira prancha, uma 6’6" Surf Series tail fish. 

 

Pico preferido?

Praia do Marcelino, Costa de Caparica

 

 

Última surfada memorável que tenhas feito?

A última surfada memorável que tive foi na Baía dos Coxos com ondas de 1 metro perfeitas com o meu irmão e alguns amigos.

 

Maior susto?

Foi em Sesimbra quando ainda não tinha um ano de surf. Fui fazer free surf com o meu treinador na altura e a pouca experiência fez com que na primeira onda ao fechar desse uma queda em que abri o lábio inferior dum lado ao outro. Foram meses para voltar a fazer uma onda…

 

Última viagem de sonho?

Costa Rica foi a minha melhor viagem até ao momento e, sem dúvida, que quero repetir porque agora vou conseguir tirar ainda mais proveito, poder surfar em águas quentes com boas ondas num meio familiar e de amigos, ainda por cima com “Pura Vida” como lema é música para os meus ouvidos.

 

"O surf atualmente está muito forte, hoje em dia temos de

trabalhar cada vez mais e melhor para acompanhar a parada"

 

 

Competição ou free surf?

Sem dúvida, a competição porque sempre fui muito competitivo em tudo, mas adoro uma boa sessão de free surf com os amigos!

 

Como está o surf atualmente? 

O surf atualmente está muito forte, hoje em dia os miúdos começam a surfar cada vez mais cedo e são muito bons, por isso, temos de trabalhar cada vez mais e melhor para acompanhar a parada, mas quem corre por gosto não cansa…

 

 

Quem é a tua grande inspiração nacional e internacional?

A minha inspiração nacional é o Frederico Morais, não só por ser o segundo surfista português a chegar ao circuito mundial, como também por todo o trabalho e garra que teve para lá chegar que foi inteiramente merecido. Ao nível Internacional é o Julian Wilson por ser um dos surfistas mais completos do tour, com um excelente surf de rail, aéreos e inovação no seu leque de manobras.

 

Mensagem a deixar? 

Divirtam-se a surfar, seja em competição ou em free surf, mas acima de tudo nunca esqueçam que o Mundo não é só surf… o surf faz parte dele. Aloha!

 

 

--

Nota: Fotos de arquivo pessoal // Página Facebook aqui

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top