A primeira vez de Bruno Dias na Cave. A primeira vez de Bruno Dias na Cave. Foto: Vasco Lázaro

Itens relacionados

sábado, 10 fevereiro 2018 07:01

Raio X: Bruno Dias

Fotógrafo emergente da Ericeira conta-nos o que o move neste meio… 

 

Abrindo espaço a novos talentos e imagens, nesta sexta-feira resolvemos fazer um novo raio x a Bruno Dias, um dos fotógrafos emergentes das praias da capital. A dar ainda os primeiros passos no mundo da Fotografia, Bruno conta-nos o que o move neste meio e pelo caminho revela-nos algum do seu trabalho. 

 

Todas as imagens de Bruno Dias Photography (salvo indicação em contrário)

 

Antes de tudo, faz-nos uma breve apresentação pessoal… 

Bem, tenho 35 anos, nasci em Cascais mas vivo há cerca de dois anos na Ericeira. A fotografia entrou na minha vida há relativamente pouco tempo. Tudo começou quando comprei uma máquina fotográfica para registar as minhas sessões de surf e também da minha esposa. Acontece que recentemente tive uma lesão que me obrigou a ficar parado durante bastante tempo, foi aí que decidi começar aprender um pouco mais sobre fotografia. Então comecei a aprender a fotografar com a ajuda de um grande amigo e fotógrafo, o Álvaro Fr. Desde então que ganhei aquele bichinho e nunca mais parei. 

 

- Nos Supertubos, com Pedro Boonman, na passada quinta-feira. 

 

O que mais te motiva na Fotografia?

Bom, o que mais me motiva creio que seja apanhar aquele momento único com as cores perfeitas, com a onda perfeita, com a manobra perfeita, tudo encaixado num só “shoot". 

 

Tens um sítio preferido para fotografar?

Sim, claro. Gosto de fotografar um pouco por todo o lado, pois a nossa costa tem ondas incríveis e ficam todas relativamente perto. Isto permite que esteja no melhor sítio consoante a previsão da ondulação. 

 

 

Que tema preferes e quais os teus fotógrafos favoritos?

Adoro fotografar desportos aquáticos que tenham bastante ação. Tento estar sempre presente onde está a melhor sessão e assim fotografar aquilo que mais gosto. Diogo d’Orey, Inwaterwetrust, Tó Mané, Álvaro Fr, Tim Bonython, Clark Little, Jesse Little, Marco Mitre, Russel Ord, Rod Owen, etc. Peço desculpa a todos os outros nomes que não mencionei, mas são igualmente incríveis. 

 

- Uma segunda-feira clássica em Carcavelos. 

 

A lente de que mais gostas?

Fish eye...

 

- Dias de treino invernal com Frederico Morais nos Supertubos. 

 

Como entra a Fotografia Aquática na tua vida?

Depois de estar a fotografar já há cerca de 6 meses em terra, senti que queria mais e que queria fazer aquele registo mas dentro de água. Comecei então a entrar na água e a tentar fotografar, mas não é fácil. Comecei a pedir conselhos, a falar com fotógrafos amigos como o Diogo d’Orey e o Vasco Lázaro e assim vou aprendendo e tentando fazer o registo perfeito. 

 

- "Um sítio mágico", de acordo com Bruno Dias que opta por não revelar o spot. 

 

Qual a tua melhor fotografia de sempre?

A minha melhor foto ainda não a tirei, mas sei que um dia poderei ter esse registo.

 

No passado mês de janeiro, Afonso Bandhold numa toca bem apetitosa nos Super.

 

--

>> Aproveita e vê o Raio X anterior, AQUI

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top